Atualmente o NCD se organiza por meio da Holocracia.

O que é holocracia

Holocracia é um sistema criado pelo americano Brian Robertson para a gestão de negócios. Nas palavras dos próprios criadores do sistema, holocracia é uma nova forma de administrar uma empresa, que se dá através da remoção do poder de uma estrutura hierárquica, substituída por um sistema de distribuição da autoridade.

Os objetivos da holocracia são dar mais agilidade à tomada de decisões e tornar a empresa mais responsiva aos desafios e necessidades do mercado.

O princípio que respalda esse sistema é que uma empresa deve ser estruturada para aprender e responder rapidamente através da otimização do fluxo de informação, do encorajamento para experimentação, do aprendizado em ciclos rápidos e da organização de uma rede de empregados, clientes e parceiros com objetivos comuns.

Diferenças da holocracia

Em suma, pode-se dizer que a holocracia é um sistema que surgiu para se opor à estruturação hierárquica de empresas. Por isso, sua organização se opõe a este modelo clássico. Confira algumas das principais diferenças.

Organização

Uma das principais diferenças da organização de uma empresa através da holocracia, na comparação com o modelo tradicional, é a eliminação de uma estrutura em que cada pessoa tem um cargo fixo e a função de cada funcionário pode ser descrita em um organograma.

O sistema propõe uma estrutura em que o empregado desempenha múltiplas funções dentro da companhia, podendo participar de diferentes equipes ao mesmo tempo, e suas tarefas são constantemente atualizadas para melhor se adaptar às necessidades de sua equipe.

A ideia é que a empresa possa aproveitar melhor as habilidades do funcionário, dando total liberdade para que ele possa expressar sua criatividade.

Autoridade

No modelo tradicional, a autoridade pertence sempre à chefia, enquanto na holocracia ela é distribuída entre equipes com funções específicas, que ficam responsáveis pela tomada de decisão sobre o tema. Por exemplo, se há uma equipe responsável pelo lançamento de um novo produto, a palavra final ficará para os membros desse time, não para o gestor que está um nível acima.

Mudanças estruturais

No modelo tradicional, a estrutura de uma empresa raramente é revista, e as ordens vêm sempre de cima para baixo. Na holocracia, a organização da empresa é constantemente modificada, e cada time tem a autoridade para se organizar da forma melhor convier para seus membros – pode até ser de forma hierárquica, caso julguem seja melhor.

Regras claras

Um dos aspectos mais importantes da holocracia é que todos os colaboradores da empresa, incluindo o CEO, devem seguir o mesmo conjunto de regras predefinidas, e não determinações vindas da chefia. A ideia é que a transparência nas regras diminua o impacto da políticadentro da empresa, e que a tomada de decisões dependa menos de pessoas em posição de autoridade.

Estrutura do NCD